Home Sessões Públicas
Sessões Públicas
PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

cartaz nakba 66

 
PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Quarta-Feira 27 de Março, às 21.30 horas, com a colaboração do MPPM

“A Barraca” dedica comemoração do Dia Mundial do Teatro à Palestina

dia mundial do teatro - cartazA Barraca dedica a comemoração do Dia Mundial do Teatro deste ano ao esforço que, na cidade de Jenin, na Palestina, a Companhia Freedom Theater tem vindo a realizar, com ameaças de morte, mortes e prisões efectivas, mantendo vivo um trabalho que já dura há 7 anos.

Um vídeo montado por Paulo Vargues a partir de um filme palestino, mostrará a actividade da Companhia, o seu espaço, a sua paixão, trazendo ao nosso público o testemunho de até onde o Teatro pode ser generoso e heróico.

A sessão prosseguirá com a exibição de ON FEAR. Apresenta-nos Nabil Al- Raee, actor/director que foi recentemente preso pela polícia política israelita. O filme foi realizado por Ashish Ghadiali e feito expressamente para este dia, para o MPPM e para ser apresentado n’A Barraca.

É um testemunho comovente para quem acredita que a Cultura e o Teatro podem mudar alguma coisa no mundo.

Na 2ª parte da sessão será apresentada o espectáculo SETE CRIANÇAS JUDIAS, de Caryl Churchill pelos alunos do 12º ano do Curso Profissional de Artes do Espectáculo do Liceu Passos Manuel.

Ler mais...
 
PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

[15 Mai 2012]

MPPM E CPPC ASSINALAM 64º ANIVERSÁRIO DA NAKBA EM SESSÃO PÚBLICA COM PRESENÇA DO EMBAIXADOR DA PALESTINA

nakba 64 anos - 2O MPPM e o CPPC promoveram conjuntamente a celebração do 64º aniversário da Nakba numa sessão pública, realizada hoje, na Livraria Ler Devagar. Intervieram o Embaixador Mufeed Shami, representante diplomático da Palestina em Portugal, Carlos Almeida, da Direção Nacional do MPPM e José Baptista Alves, Vice-Presidente da Direcção Nacional do CPPC.

nakba 64 anos - 1A NAKBA, que em árabe quer dizer Catástrofe, é evocada anualmente a 15 de maio, data que marca o princípio da tragédia que se abateu sobre o Povo Palestino, perseguido, massacrado e expulso da sua terra pelos novos ocupantes judeus. A independência do Estado de Israel, proclamada unilateralmente em 14 de Maio de 1948, significou para os palestinos o início da devastação da sua sociedade, a eclosão de um drama individual e colectivo que perdura até aos nossos dias. Assinalar esta data é um acto de respeito e solidariedade com a coragem e a determinação de um povo que não abdica da sua dignidade e que resiste e mantém viva a luta pelos seus inalienáveis direitos.

 

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 Seguinte > Final >>

Página 3 de 7
Desenvolvimento: Criações Digitais, Lda  |   Serviços:  Impressão digital  |  Webmarketing