Home Notícias Não aos exercícios militares da NATO!
PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

NÃO AOS EXERCÍCIOS MILITARES DA NATO NA EUROPA DO SUL E NO MEDITERRÂNEO

logo manobras natoA região do Mediterrâneo Oriental/Médio Oriente tem sido, nas últimas décadas, a mais conflituosa e insegura. Nela se situa a Palestina, que é palco do mais velho e dramático conflito aberto neste momento.

Olhando para a história, vê-se a constante ingerência de algumas potências em toda a região: é a venda de armas, são as bases militares, são as agressões e ocupações, os boicotes e sanções, são as ameaças e provocações.

Os mentores e principais actores destas ingerências têm um denominador comum: são membros ou têm parcerias com a NATO.

A NATO é um bloco político-militar que teve papel preponderante na destruição da Jugoslávia, do Iraque, da Líbia e está, através da Turquia, a intervir na guerra da Síria. A NATO mantem relações com a administração sionista do Estado de Israel, o qual colabora com o Estado Islâmico e também participa em exercícios militares com membros da NATO.

Entende o MPPM que não é com armas, nem com guerras, nem com demostrações de força, nem com alianças belicistas, que se alcança a tão necessária paz e segurança no Médio Oriente.

Pela Paz, pela Segurança, por uma solução pacifica para os conflitos que afligem a região, nomeadamente na Palestina, o MPPM conclama todas as pessoas amantes da Paz a repudiar a presença da NATO no Mediterrâneo e, em especial as manobras militares anunciadas para o próximo Outono.

Convidamo-lo, por isso, a subscrever o documento, proposto por um conjunto de organizações em que o MPPM se integra, a que poderá aceder aqui:

http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT78172

 
Desenvolvimento: Criações Digitais, Lda  |   Serviços:  Impressão digital  |  Webmarketing