Home Concurso Escolar Entrega de Prémios do Concurso Escolar
PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

[22 Mai 2010]

CONCURSO ESCOLAR" PAZ PARA A PALESTINA" TERMINA EM AMBIENTE DE FESTA

concurso - entrega premios - mesaO Concurso Escolar foi sendo desenvolvido, ao longo de seis meses, em várias escolas do país que aderiram à proposta do Concurso, de âmbito nacional, "Paz para a Palestina", promovido pelo MPPM. Este Concurso tinha como objectivo a realização de trabalhos de natureza diversa que desenvolvessem o interesse pela história e pela cultura do Povo Palestino e que contribuíssem para o conhecimento da situação na Palestina. Assim, os alunos do 2º e 3º ciclo do Ensino Básico sob a orientação dos respectivos professores foram concebendo e executando sob a forma de Produção escrita, Artes plásticas, Artes performativas, Vídeo e multimédia, onde incluíram a sua marca no seu produto final. Em algumas Escolas, o Concurso serviu de motivo para a realização de outras iniciativas, como no Instituto Almalaguês, de Coimbra, onde foi organizado um concurso de banda desenhada, entre os alunos dos 5º e 6º anos, tendo um júri, constituído por professores, alunos e funcionários, escolhido o trabalho vencedor que foi apresentado ao Concurso Escolar, onde viria a conquistar o 1º prémio na área de Artes Plásticas, no respectivo escalão etário.

concurso - entrega premios 1A cerimónia de apresentação e entrega de prémios do Concurso Escolar "Paz para a Palestina", teve lugar no dia 22 de Maio, no espaço cedido pela Câmara Municipal de Lisboa do Museu Biblioteca República e Resistência onde ficaram patentes ao público no Museu, até ao dia 26 de Maio, os trabalhos premiados  de produção escrita e artes plásticas. A cerimónia foi conduzida por Júlio de Magalhães, que presidiu ao júri, assistido por Amador Clemente, coordenador executivo do Concurso. Contou, ainda, com a presença da Embaixadora Randa Nabulsi, que deu um apoio inexcedível à iniciativa, e com alguns dos membros do júri que fizeram a entrega dos prémios.

O auditório, nesse sábado, esteve pleno de alunos, professores e convidados de todas as idades, avós e irmãos de tenra idade que vieram de quase todo o território nacional, à excepção dos alunos premiados da Ilha do Pico - Açores que tiveram grande dificuldade em conseguir a viagem ao Continente.

Foi com grande entusiasmo que estes jovens estiveram a assistir à leitura dos textos e projecção dos vídeos dos trabalhos premiados e com grande emoção e respeito foram recebendo os prémios e o "keffiyeh" - lenço que ficou bem conhecido nos anos 60 por se ter tornado um símbolo do nacionalismo Palestino - que a Embaixadora Randa Nabulsi, Delegada-Geral da Palestina, foi colocando sobre os ombros de cada premiado, alunos e professores.

concurso - entrega premios 2Um momento alto registou-se quando a Embaixadora anunciou o Prémio Especial do Júri, constituído por viagens à Palestina para alunos vencedores e para os professores orientadores, durante uma semana, acompanhados por representantes da Delegação-Geral da Palestina e do MPPM. Os premiados foram: Ana Isabel Silva Lourenço, Carla Felícia Mira Adriano, Jéssica Alexandre Pinto Roque, Rafael Alexandre Alegria Monteiro, Simaura Alexandre Marques Faria e Professor Aníbal José Ribeiro Serra, da Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Poceirão, Palmela; Ana Filipa da Cunha Real, Andreia Rafaela Gomes Fernandes e Sara Cristiana Marques Costa e Professora Carla Sílvia de Vasconcelos Ferreira, da Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Real, Braga; Ana Isabel Correia de Pinho, Ana Raquel de Pinho Bastos, Cátia Freitas Almeida e Professor Nelson Manuel Valente Gomes, da Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Carregosa, Oliveira de Azeméis

A Embaixadora Randa Nabulsi, no seu discurso manifestou grande satisfação estar a falar para uma assistência tão nova e interessada pela problemática da Paz para a Palestina e incentivou os jovens a continuarem a informar-se sobre o mundo que os rodeia.

concurso - entrega premios - grupoNo final, uma fotografia de todos os alunos com a Embaixadora Randa Nabulsi e membros da organização, fixou o ambiente de festa com que encerrou esta iniciativa do MPPM. .

As reacções ao evento foram extremamente gratificantes, como esta da Professora Carla Ferreira, da Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Real, Braga: "Começo por dizer que quer eu quer as alunas adoramos a experiência passada convosco no dia 22 de Maio último e agradecer tudo quanto nos proporcionaram. Para as alunas foi um momento quase mágico e uma experiência enriquecedora a todos os níveis para o seu desenvolvimento. Para mim, foi duplamente bom porque vibrei com a emoção e a felicidade das alunas e fiquei pessoalmente mais rica. Deixem-me dizer que achei deliciosa a intervenção da Embaixadora".

Os trabalhos apresentados no Concurso, demonstraram grande sensibilidade nas abordagens realizadas a esta problemática, pois este grupo etário (10 aos 15 anos) é muito sensível a problemas de injustiça e fazem os seus julgamentos seguindo o caminho do coração. O sucesso deste ano incentiva o Movimento a repetir este Concurso num futuro próximo para estimular nos jovens o seu sentido crítico.

 

 
Desenvolvimento: Criações Digitais, Lda  |   Serviços:  Impressão digital  |  Webmarketing