Home Campanha BDS Umião sindical francesa Solidaires Industrie junta-se ao Movimento BDS
PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

UNIÃO SINDICAL FRANCESA SOLIDAIRES INDUSTRIE JUNTA-SE AO MOVIMENTO BDS

A união sindical francesa “Solidaires Industrie” aderiu à campanha de Boicote, Desinvestimento e Sanções contra Israel, lançada por organizações palestinas em 2005.

No seu comunicado, intitulado “Boicote a Israel!”, diz-se:

“(...) Exigimos, com a sociedade civil palestina, que Israel respeite os preceitos do direito internacional: 1. Pondo fim à sua ocupação e colonização de todos os territórios árabes e desmantelando o Muro, 2. Reconhecendo os direitos fundamentais dos cidadãos Árabe-Palestinos de Israel a uma igualdade absoluta, 3. Respeitando, protegendo e favorecendo os direitos dos refugiados palestinos de regressar às suas casas e propriedades, como estipulado pela resolução 194 das Nações Unidas.

(...) Para além do boicote económico, universitário, cultural e institucional, insistimos no nosso papel de organização sindical. Os direitos dos trabalhadores palestinos nas fronteiras de 1948 ou nas de 1967, não têm relação com os dos outros cidadãos israelitas. A discriminação é patente, 50 000 operários agrícolas palestinos trabalham nos colonatos e no vale do Jordão sem direitos, com salários inferiores a metade do salário mínimo israelita.

Os operários da indústria estão sujeitos a condições de trabalho muito perigosas nas fábricas químicas e metalúrgicas sem protecção legal, com numerosos acidentes de trabalho e intoxicação pelos compostos químicos que manipulam, sem possibilidade de se tratar em Israel por causa do Muro.

Numerosas companhias francesas trabalham para Israel. Nos anos 80, a campanha de boicote à África do Sul motivou uma acção sindical nas fábricas francesas da Alstom que construía centrais nucleares para este país racista. Hoje, também na Alstom, há reacções contra a construção do metro de Jerusalém que vai aumentar a discriminação contra os palestinos. No Languedoc-Roussillon, os nossos camaradas de Solidaires 34 lutam contra a companhia israelita Agrexco que não respeita os direitos dos palestinos. É possível uma acção sindical.

Apelamos a todos os Sindicatos da Solidaires Industries para que participem na campanha de boicote a Israel”

 

Mais informações:

Campanha BDS: www.bdsmovement.net

Solidaires Industrie: www.solidaires-industrie.org

 
Desenvolvimento: Criações Digitais, Lda  |   Serviços:  Impressão digital  |  Webmarketing