Home Actualidade 700.000 COLONOS JUDEUS VIVEM AGORA NOS TERRITÓRIOS PALESTINOS OCUPADOS
PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

700.000 COLONOS JUDEUS VIVEM AGORA NOS TERRITÓRIOS PALESTINOS OCUPADOS

O jornal israelita Haaretz informou no dia 9 de Junho que há agora 590.000 colonos judeus a viver em colonatos oficiais na Margem Ocidental ocupada e em Jerusalém Oriental ocupada.

O jornal assinalou que 380.000 colonos vivem na Margem Ocidental, enquanto o número em Jerusalém Oriental ocupada é agora de 210.000.

Porém, estas estatísticas, nota o Haaretz, não incluem milhares de colonos que vivem «postos avançados» localizados em terras ocupadas que são propriedade privada de palestinos.

De acordo com a ONG israelita Peace Now, existem 97 desses postos avançados, que formalmente são «ilegais» face ao direito israelita, ou seja, foram construídos sem autorização das autoridades israelitas, embora de facto beneficiem das infra-estruturas e da protecção militar do Estado sionista. Mas, à luz do direito internacional, todos e cada um dos colonatos de Israel são ilegais.

Estatísticas do governo israelita mostram que, se estes colonos forem incluídos, o número total de colonos judeus se eleva a cerca de 700.000, o que equivale a 5% da população total de Israel.

Israel ocupa a Margem Ocidental e Jerusalém Oriental desde 1967, e os colonatos, cuja construção se foi acelerando, constituem um dos grandes obstáculos à paz.

Em Dezembro do ano passado, o Conselho de Segurança da ONU aprovou a resolução 2334, reiterando que os colonatos israelitas nos territórios ocupados são ilegais.

[10.06.2017]

 
Desenvolvimento: Criações Digitais, Lda  |   Serviços:  Impressão digital  |  Webmarketing