Home Actualidade MPPM DISPONIBILIZA RELATÓRIO SOBRE APARTHEID ISRAELITA CENSURADO POR GUTERRES
PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

MPPM DISPONIBILIZA RELATÓRIO SOBRE APARTHEID ISRAELITA CENSURADO POR GUTERRES

O relatório Israeli Practices towards the Palestinian People and the Question of Apartheid (“As Práticas de Israel para com o Povo Palestino e a Questão do Apartheid”) foi elaborado pelos estado-unidenses Virginia Tilley e Richard Falk, especialistas em Direito Internacional, e apresentado por Rima Khalaf, Secretária Executiva da Comissão Económica e Social das Nações Unidas para a Ásia Ocidental.

O relatório conclui que Israel estabeleceu um regime de apartheid que domina o povo palestino como um todo. Conscientes da gravidade desta alegação, os autores do relatório concluem que as provas disponíveis demonstram, para além de qualquer dúvida razoável, que Israel é culpado de políticas e práticas que constituem o crime de apartheid como legalmente definido em instrumentos de direito internacional.

Por decisão do Secretário-Geral da Nações Unidas. António Guterres, o relatório foi retirado da página oficial das Nações Unidas, o que levou à demissão de Rima Khalaf.

Para que não se apague o registo daquele crime, o MPPM disponibiliza, na sua página, a versão integral do relatório:

http://www.mppm-palestina.org/index.php/outros-documentos/doc_download/117-israeli-practices-palestinian-people-apartheid-occupation-english.pdf

e um sumário executivo:

http://www.mppm-palestina.org/index.php/outros-documentos/doc_download/116-israeli-practices-palestinian-people-apartheid-occupation-executive-summary-english.pdf

 
Desenvolvimento: Criações Digitais, Lda  |   Serviços:  Impressão digital  |  Webmarketing