Home Actualidade ISRAEL PRENDE DEPUTADA PALESTINA NO DIA INTERNACIONAL DA MULHER
PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

ISRAEL PRENDE DEPUTADA PALESTINA NO DIA INTERNACIONAL DA MULHER

No mesmo dia em que pelo mundo inteiro, e também na Palestina, se celebrava o Dia Internacional da Mulher, forças israelitas prenderam quinta-feira, 8 de Março, a deputada palestina Samira Halaykeh, de 53 anos. A deputada ao Conselho Legislativo Palestino pelo Movimento Islâmico de Resistência (Hamas) foi presa por uma força do exército israelita que de madrugada invadiu a sua casa, em Shiyoukh, perto de Hebron, na Margem Ocidental Ocupada.

Já dois dias antes, na madrugada do dia 6, forças israelitas tinham prendido na cidade de Belém, no sul da Margem Ociodental ocupada, os deputados Khalid Tafish e Anwar Zboun, ambos pertencentes ao bloco Mudança e Reforma no CLP.

Eleva-se assim para nove o número total de parlamentares palestinos presos em Israel.

As forças israelitas realizam quase todas as noites operações de detenção em todo o território palestino ocupado. A ONU registou em 2016 uma média de 95 operações semanais na Margem Ocidental; em 2017 verificaram-se até agora 73 operações semanais em média. Segundo a organização de direitos dos presos Addameer, em Janeiro havia 6500 palestinos presos nas cadeias israelitas.

[09.03.2017]

 
Desenvolvimento: Criações Digitais, Lda  |   Serviços:  Impressão digital  |  Webmarketing