Home Actualidade NETANYAHU PROMETE CONSTRUÇÃO SEM RESTRIÇÕES EM JERUSALÉM ORIENTAL OCUPADA E NOS BLOCOS DE COLONATOS
PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

NETANYAHU PROMETE CONSTRUÇÃO SEM RESTRIÇÕES EM JERUSALÉM ORIENTAL OCUPADA E NOS BLOCOS DE COLONATOS

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, informou os membros do gabinete de segurança interna, no domingo 22 de Janeiro, de que decidiu levantar todas as restrições à construção israelita em Jerusalém Oriental ocupada, relata o jornal israelita «Haaretz», citando dois altos funcionários governamentais.

Netanayhu acrescentou que, ao mesmo tempo que seriam promovidos os planos de construção em Jerusalém Oriental, pretende também avançar com a construção nos blocos de colonatos da Margem Ocidental ocupada.

A decisão de Netanyahu foi um dos factores que convenceram os ministros do partido Lar Judaico (partido de extrema-direita, defensor dos colonatos, a que pertencem os ministros da Educação, Naftali Bennett, e da Justiça, Ayelet Shaked) a aceitar o adiamento da legislação que visa anexar o colonato de Ma'aleh Adumim (grande colonato de cerca de 40.000 habitantes, situado na Margem Ocidental, a poucos quilómetros a leste de Jerusalém). No final da reunião, o gabinete do primeiro-ministro israelita anunciou que os ministros participantes decidiram, por unanimidade, adiar a votação do projecto relativo a Ma'aleh Adumim até depois do encontro de Netanyahu com Donald Trump, que deverá ocorrer durante o mês de Fevereiro.

A nova política já esteve patente com a aprovação da construção de 560 unidades habitacionais nos colonatos de Ramot e Ramat Shlomo, em Jerusalém Oriental ocupada.

[23.01.2017]

 
Desenvolvimento: Criações Digitais, Lda  |   Serviços:  Impressão digital  |  Webmarketing