Home Actualidade MULHERES PALESTINAS HOMENAGEADAS NA BARRACA
PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

MULHERES PALESTINAS HOMENAGEADAS NA BARRACA

Uma “Homenagem às Mulheres Palestinas” inaugurou ontem, no Teatro A Barraca, as Jornadas de Solidariedade com a Palestina – 2016 organizadas pelo MPPM.

O evento abriu com “Corpo na Trouxa”, uma performance de Shahd Wadi com um contraponto musical no contrabaixo por Luís Grácio. “História de vida de um corpo exilado contada pela trouxa palestina. Uma narrativa feminista sobre o sonho do regresso” – é assim que a Shahd caracteriza a sua representação que pode ver aqui, numa gravação feita no TEDxCoimbra:

https://www.youtube.com/watch?v=QAW7WNUBJeA

Maria do Céu Guerra disse poemas das poetas palestinas Fadwa Tuqan e Hanan Ashrawi e o poema “À minha mãe”, de Mahmoud Darwich. Terminou com uma fortíssima interpretação da versão portuguesa do poema “We teach life, sir” que pode recordar aqui numa interpretação da sua criadora, Rafeef Ziadah:

https://www.youtube.com/watch?v=aKucPh9xHtM

A sessão terminou com um debate sobre “As Mulheres Palestinas na Sociedade” que Maria do Céu Guerra, em representação do MPPM, introduziu com a leitura de testemunhos impressionantes de mulheres palestinas recolhidos pelo Freedom Theatre, de Jenin.

As intervenções de Regina Marques (MDM), Ana Cansado (UMAR) e Shahd Wadi ajudaram a completar o quadro da mulher palestina protagonista de uma dupla luta: contra a ocupação e pelo reconhecimento dos seus direitos de género.

Uma forma diferente de abordar a temática palestina apresentada a uma audiência que quase esgotou a sala principal do teatro.

[10.11.2016]

 
Desenvolvimento: Criações Digitais, Lda  |   Serviços:  Impressão digital  |  Webmarketing